Pesquise, descubra, enriqueça

domingo, 13 de novembro de 2011

PERCEPÇÕES DE VOO - RELACIONAMENTOS



A pergunta que nunca se cala: É possível namorar enquanto se voa?

Quando eu entrei na aviação pensava que encontraria um mar de solteiros. Como era possível manter um relacionamento praticamente a distancia? Era como namorar artistas de circo itinerantes.

Desde o meu primeiro voo, tenho conversado muito sobre isso com colegas de trabalho. Não tenho muita experiência neste quesito. rs Mas posso contar um pouco sobre as conclusões que eu tirei a partir das minhas percepções.

Nem quando eu trabalhei em hotelaria eu vi tanta gente casada e em relacionamento sério como na aviação. É muita gente casada, com filhos e namorando sério. É fácil então chegar a conclusão de que é possível sim. Posso desmembrar mais essa conclusão....

Das pessoas casadas pude ouvir sobre como adaptar uma relação neste mundo louco da aviação. Elas buscam todas as maneiras possíveis para ver seus cônjuges. Se utilizam de folgas e escalas dirigidas. Quando os dois são da aviação, procuram solicitar folgas casadas. Para os maridos é muito mais difícil entender a vida de uma comissária. É sempre muito pior para quem fica em casa esperando. Mas quando tem amor, esse obstáculo é derrubado facilmente. Vejo muita troca entre os casados. Um ajudando o outro a cuidar da casa. Um ajudando o outro a cozinhar. Acho que é assim que tem que ser.

E quando se tem filhos? Aconselho ir no blog da Lúcia ( http://noarr.blogspot.com/) . Ela foi comissária da VARIG, é instrutora, psicóloga e foi minha professora da escola de aviação. Ela é uma enciclopédia viva do mundo da aviação. Ela escreveu um texto incrível sobre como criar filhos neste mundo.

De quem namora, ouço muitas histórias de desentendimentos e discussões. Principalmente vindas da parte de quem fica em casa. É realmente complicado saber que a namorada estará viajando por aí e que ela ficará rodeada de pilotos tentando cortejá-las. Sim! Muitos pilotos se "engraçam" para as comissárias! É mais comum do que se pensa. Normalmente as comprometidas nem ligam e fingem que não vêem. Outras acabam cedendo - acontece. Como também é difícil para as mulheres saberem que seus namorados estão cercados de comissárias lindas e solteiras. E para os homens que namoram homens é tão complicado quanto - afinal de contas muitos comissários são gays.
Chego mais uma vez ao clichê dos relacionamentos: Quando se tem confiança é possível. Namoros firmes existem mesmo quando eles acontecem no centro do olho do furacão - vulgo aviação.

Percebi que a busca por relacionamentos maduros e estáveis é a maior busca dos tripulantes. Talvez seja para tentar, ao menos em uma parte, ter uma vida de uma pessoa normal. rs

Creio que como em qualquer relacionamento, não pode faltar respeito e confiança. Vejo muitos tripulantes em relacionamentos super estáveis. Casais comprando apartamentos, montando festas de noivado, ou então famílias lindas e fortes. É bom de ver. É bom saber que é possível.

Entretanto não posso dizer que o mundo da aviação é puro e casto. É claro que muita coisa acontece por trás dos panos, atrás das coxias e nos quartos dos hotéis espalhados por esse mundão. Mas aí eu dou uma de macaco cego, surdo e mudo. Não vejo nada e nunca sei de nada. Evito iniciar e entrar em AFAS.

Próximo post: AFA (Associação dos Fofoqueiros da Aviação)

8 comentários:

  1. Boa Tarde Filipe!


    Tenho alguns amigos e colegas que voam há um tempo já, e o que você escreveu é exatamente o que eles dizem sempre! Sem tirar nem por, o complicado é que não dá pra comparar, cada pessoa está um "periodo" da vida, por assim dizer! Digo, Tem fases em que estar solteiro é algo incrivel, tem fases em que é um terror! Como tudo na vida tem que ter um equilibrio, por exemplo, se você está muito bem profissionalmente, mas o seu pessoal/amoroso vai mal...vai faltar algo. E o mesmo vale ao contrário! então alguns sacrificios smepre deverão ser feitos, e eu ainda sou do tipo que precisa acreditar em fidelidade, que precisa acreditar que a outra pessoa se importa a ponto de no minimo ser fiel. Já ouviu aquela frase que diz que se você está em duvida entre 2 amores, fique com o segundo, pois você nao ama o primeiro suficientemente já que tem um numero 2 na vida...eu acredito nisso. Então creio(mesmo nao estando na area ainda) que deve ser possivel sim...quem ama (VERDADEIRAMENTE) nao trai! Mas isso é só minha opinião...e como nem todos na aviação devem estar na fase do "eu preciso de um relacionamento estável"....creio que o você falou resume bem o assunto!

    Abração!
    Junior Simão

    ResponderExcluir
  2. Filipe, obrigada pela menção honrosa! Fiquei até sem graça! rsrs
    A experiência veio com os vinte anos de aviação que eu vivi, e que você com pouco tempo já está adquirindo por ser uma pessoa sensível e observadora.
    Muito bom o post e o assunto! As pessoas tem uma visão equivocada da vida pessoal de um tripulante.
    O fato de existir tantos tripulantes casados ou em um relacionamento sério é que a profissão é muito solitária. Por isso é bom ter um porto seguro para onde voltar depois das jornadas, e alguém que te ama a sua espera.

    Bjos.

    P.S. Se me permite vou aproveitar o assunto para um post.

    ResponderExcluir
  3. Oie Felipe
    Sempre tive curiosidade sobre esse assunto, ja que tenho um relacionamento serio e estou entrando nesse mundo. Confesso que fiquei bem tranquilo apos ler seu post!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Junior,

    Estou um pouco descrente com relação a fidelidade. Mas ela existe sim, mesmo no mundo da aviação. :) Concordo com cada palavra sua!

    Lucia,

    Eu que fico sem graça com suas palavras. rsrs Você tocou num ponto muito importante e que não coloquei no texto: realmente a profissão é muito solitária e ter alguem cheio de amor te esperando em casa é algo que não tem preço!
    Não vejo a hora de ler seu texto sobre isso! Vai me abrir mais a mente! :)

    Mandy,

    Pode ficar tranquila. Quem gosta confia. A aviação é um desafio para quem está em relacionamento sério. Quem consegue superar essa barreira é um vitorioso. :)

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Filipe
    Parabens pelo post..gostei bastante, porque quando decidi ser comissária, muitas pessoas falaram pro meu namorado que era impossivel dar certo, e agora é bom ver que não estou sozinha nesse pensamento de que pode e vai dar certo.
    Já te dei parabens uma vez por orkut e agora parabenizo de novo seu blog.. continuo lendo sempre! gosto bastante mesmo!
    Obrigada por escrever o que nós, comissários, aguardando o tão esperado momento da seleção, queremos ler: sobre como é a vida na aviação, vista de dentro.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Filipe, você será super bem vindo lá na escola! Apareça para dar seu depoimento, os alunos adoram! Você que já foi aluno deve saber, né? rsrs
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. 90% das comissárias são vadias. Além de chifrarem seus namorados de terra, pois nunca vão saber mesmo, ainda se atiram para os pilotos. Uns só se aproveitam, mas outros caem no golpe e sofrem como corno, e sofrem até acabar a relação, mesmo com o filho nascido do produto da armação da comissária.

    ResponderExcluir
  8. ola. tudo bem?
    eu e minha esposa ja somos formados e estamos pensando em fazeer o curso para comissarios pois temos sonho de trabalharmos juntos na area. isso eh possivel? conhece quais empresas facilitam a "escala casada"? muito obrigado. abraço e parabens pelo blog. guilherme

    ResponderExcluir

Free Blog Counter